...O Senhor Deus tomou o homem e o colocou no Jardim do Éden (no Paraíso!) para o cultivar e guardar. Deu-lhe este preceito: "Podes comer do fruto de todas as árvores do jardim; mas não comas do fruto da árvore do conhecimento do bem e do mal, porque no dia em que dele comeres, morrerás indubitavelmente"...

Ao vivo Ecorádio Oficina Geral & EcoBrasil

Get the Flash Player to see this player.

quarta-feira, 31 de março de 2010

1º Salão Interplanetário MAD e Brazilcartoon

.
.

Gosta de perder seu tempo desenhando, fazendo caricaturas e criando histórias em quadrinhos?

Então perca seu tempo participando do mais inacreditavelmente imbecil Salão de Humor de todos os tempos! A revista MAD vai abrir espaço para você mostrar suas ideias mais babacas e fazer um monte de desocupados desopilarem o fígado de tanto rir!

E, claro, a MAD dará prêmios a altura das suas tolices mais infantis!

1º Salão Interplanetário de Humor da MAD e Brazilcartoon

CRONOGRAMA:

01- O 1º Salão Interplanetário MAD, está sendo organizado pela revista MAD brasileira e Brazilcartoon,
será realizado de acordo com a seguinte programação:

Inscrições: até 25 de abril de 2010
Premiação: 10 de maio de 2010

PARTICIPAÇÃO:

O Salão é aberto a todos os artistas gráficos de qualquer planeta deste sistema solar nas modalidades cartum, caricatura ou História em Quadrinhos. Cada participante poderá inscrever–se em quantas categorias desejar, sem limite de quantidade de trabalhos, de SUA PRÓPRIA AUTORIA E INÉDITOS, sujeitando-se os casos de não–observância dessas condições ao cancelamento da inscrição ou cassação de prêmios ou menções recebidas, sem prejuízo de outras sanções que caibam, inclusive penais.

CATEGORIAS:

CARTUM ENGRAÇADO: Desenho humorístico sem vínculo necessário com qualquer fato específico, mas que deve ser ENGRAÇADO. Por tanto, nada de cartuns depressivos analisando a situação mental do homem contemporâneo e os devaneios da sociedade.

CARICATURA TEMÁTICA: Mesclar grandes nomes da história, celebridades, políticos e etc com a figura do Alfred E. Neuman, assim como é feito nas capas da MAD.

HISTÓRIA EM QUADRINHOS (H.Q) ou SÉRIE DE TIRAS: Qualquer história seqüencial narrada em etapas/quadros.
O critério dos vencedores será o quanto é engraçado.

INSCRIÇÃO:

A inscrição é gratuita e poderá ser feita pela internet.

O artista poderá participar enviando seus trabalhos somente através do e-mail:

info@brazilcartoon.com

Formato A4 – JPG; 300 dpi; cores RGB; máximo de 2MB por e-mail.

Todos os trabalhos inscritos, serão submetidos a uma pré-seleção, e apenas os aprovados pelo Júri de Seleção concorrerão aos prêmios.

Todos os trabalhos inscritos poderão ter suas imagens reproduzidas, para fins de divulgação. E dependendo da qualidade podem ser publicados em uma edição da MAD falando sobre o prêmio.

PREMIAÇÃO:
09- Serão conferidos os prêmios:

1° Lugar troféu dente de ouro MAD + 2 revistas e camiseta Brazilcartoon

2° Lugar troféu dente de prata MAD + 2 revistas e camiseta Brazilcartoon

3° Lugar troféu dente de bronze MAD + 2 revistas e camiseta Brazilcartoon

Serão concedidas 2 Menções pra cada categoria.
A simples inscrição configura automática concordância do participante com todos os termos desse regulamento.

Organização:

Pobre, Tocantins quer mais 200 cargos públicos

.
.
.

* Novo Tribunal de Contas dos Municípios custará R$ 30 mi

* 50% dos empregos tocantinenses formais já são estatais



Como Tocantins é um Estado do qual pouco se fala no Sul Maravilha, as coisas vão acontecendo por lá e quase ninguém fica sabendo. Mas agora se trata de algo tão grave que vale a pena noticiar: o governador tocantinense, Carlos Henrique Gaguim (PMDB), deseja criar um Tribunal de Contas dos Municípios, e, numa canetada só, aumentar em mais 200 cargos públicos a folha de salários do Estado.

O projeto de Gaguim é uma PEC (Proposta de Emenda Constitucional), pois é necessário mudar a Constituição do Estado. O texto foi enviado em regime de urgência à Assembléia Legislativa local.

Quanto custará esse novo TCM de Tocantins? Resposta: R$ 30 milhões.

De acordo com levantamento realizado pelo TCE-TO (Tribunal de Contas do Estado), dos R$ 30 milhões que serão gastos na abertura do novo tribunal, R$ 20 milhões serão consumidos com pagamento de pessoal. A OAB do Estado, o TCE-TO, os Ministérios Públicos Estadual e Federal e a Associação Tocantinense de Municípios se manifestaram contra a iniciativa.

Apenas 4 Estados brasileiros ­–Pará, Bahia, Ceará, Goiás– têm um Tribunal de Contas dos Municípios, todos criados antes da constituição de 88. Outras duas cidades têm os seus próprios TCMs (Rio e São Paulo). Em geral, são cabides de emprego. Ou alguém acha que as cidades do Pará, Bahia, Ceará e Goiás têm menos casos de corrupção que as demais?

Para o procurador do Ministério Público Estadual, Glaydon José de Freitas, a proposta é descabida, relata o repórter do UOL Edemilson Paraná. “Sob qualquer ângulo que se olhe me parece que o momento de crise financeira não recomenda a instalação de mais um órgão que vai servir sobretudo para empregar gente (...) O sistema carcerário está em colapso, a polícia civil e os servidores do Judiciário estão em greve, a educação está um caos. Por que não melhorar isso ao invés de criar mais um elefantes branco desses?”, indaga o procurador.

Com cerca de R$ 150 milhões acumulados em precatórios (dívidas que devem ser pagas por decisão judicial), a situação de Tocantins está longe de confortável. O governo admite “furo de caixa” superior a R$ 500 milhões e recorre a empréstimos.

Em nota, o governador defendeu assim a criação do Tribunal: “O objetivo maior com a criação do TCM é dar celeridade no acompanhamento e fiscalização das contas municipais no Tocantins. (…) É um projeto que, sem dúvidas, só trará benefícios para a população tocantinense”.

O uso do emprego público na construção de alianças políticas está na raiz da crise política que derrubou, em 2009, o governador eleito do Estado, Marcelo Miranda (PMDB).

Após romper com seu padrinho político, o cacique local e ex-governador do Estado, José Wilson Siqueira Campos (PSDB), Marcelo Miranda buscou aglutinar apoio para seu governo por meio da distribuição de cargos públicos. Miranda fez nada menos do que elevar, ao longo de sua administração, o total de cargos comissionados, de provimento sem concurso público, de 6 mil para 35.099.

Seu sucessor eleito de maneira indireta, Carlos Henrique Gaguim, repete a estratégia. O vice-governador Eduardo Machado (PDT), cotado para ser o presidente do novo tribunal, defendeu que 1 dos 7 conselheiros desse novo Tribunal saia da Assembléia Legislativa. “Por que não um deputado, que está tão ligado ás questões dos prefeitos e conhecem a realidade das prefeituras?", defendeu.




Tocantins, um flagelo político-administrativo

Criado pela Constituinte de 1988, Tocantins nunca conseguiu viabilizar um mercado interno robusto. Vigora ali a estadolatria, com uma adoração de tudo o que é do governo. É um regime no qual só sobrevive quem tem alguma relação com quem está no poder.

Um dado basta para descrever o fracasso político-administrativo de Tocantins: trata-se da unidade da Federação com o maior número de funcionários públicos em relação à população.

O Tocantins tem aproximadamente 1,3 milhão de habitantes. Há pouco emprego formal por lá. Um cruzamento de dados oficiais indica a existência de 213 mil pessoas ocupadas formalmente em solo tocantinense. O restante não trabalha ou está na informalidade.

Dos 213 mil que têm a sorte de ter um trabalho, nada menos do que 106 mil são servidores dos governos federal, estadual ou de prefeituras –segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados do Ministério do Trabalho (Caged). Ou seja, em Tocantins, de cada 2 pessoas empregadas, uma trabalha para um governo.

Ainda bem que ao ser criado – e por vários anos depois – o governo tocantinense propagava em comerciais de TV pelo país inteiro: “Tocantins, o Estado da livre iniciativa e da Justiça social”.

Fonte: UOL

terça-feira, 30 de março de 2010

Para quem acha que só este blog é de sacanagem...

.
.

Esta semana fora publicada a seguinte matéria no respeitável Portal CT:

"Por unanimidade, TRE julga improcedente representação contra deputada Nilmar"

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Tocantins, por unanimidade, julgou improcedente a representação feita pelo Ministério Público Federal (MPF) contra a deputada federal Nilmar Ruiz (PR). A representação acusava a deputada Nilmar de propaganda eleitoral antecipada, por causa de material informativo elaborado pela parlamentar e distribuído em Palmas recentemente.

Na decisão, o TRE expõe claramente as razões que levaram o pleno, por unanimidade, a julgar a representação improcedente. No texto da decisão, destaca-se que o material informativo elaborado pela deputada Nilmar “não se confunde com propaganda eleitoral”. “Não importa em propaganda eleitoral antecipada a mera promoção pessoal do parlamentar, entendida assim aquela que tem por objetivo divulgar suas realizações e postura diante dos inúmeros eventos e acontecimentos cotidianos da vida política e social”, reforça o texto da decisão.

O Tribunal ainda justifica sua decisão dizendo que “para que seja caracterizada propaganda eleitoral, o impresso atacado deveria trazer, ainda que de forma subliminar, além do nome da representada, menção à eleição que se avizinha, ao cargo político almejado, à ação política pretendida ou aos méritos que habilitam os pretensos candidatos à função pública”. Prática que o TRE julgou não existir no informativo, conforme sua decisão unânime.

Para a deputada Nilmar, a decisão do Tribunal fez justiça. “Somos eleitos pelo voto popular e por isso temos a obrigação de prestar contas à sociedade do trabalho que estamos realizando. Esse é um direito do cidadão e um dever de todo parlamentar”, avalia Nilmar. (Da assessoria de comunicação da deputada Nilmar Ruiz)


Ok... 

No Portal CT tem a opção para o leitor se cadastrar e poder deixar o seu comentário e assim, exercitar a tão almejada "liberdade de expressão".

E foi isso que eu fiz! rsrsrs

Veja o comentário:

... Creio que esta decisão irá abrir um precedente para que tenhamos que agüentar a partir de agora, uma enxurrada de papéis noticiando os "trabalhos realizados" pelos deputados! Se você possui uma gráfica pode se animar! Só não esqueça de receber adiantado.
E DEPUTADOS, POR FAVOR! UTILIZEM PAPEL RECICLÁVEL! ...

Bom... não sei porque o mediador do Portal não quis publicar! rsrsrsrs

Mas o pior foi conferir o que ele achou mais conveniente publicar.

Avalie:

1) comentário por Benedito de Castro em 30/03/10 08h27
...Muito sensata e coerente a decisão do TRE. O Parlamentar detentor de qualquer cargo no Legislativo deve prestar contas de sua atuação ao eleitorado. Isto ocorre com todos e, é comum se ver panfletos, ottudors, e aparição na TV, para informar sua atuação à população. Caso fosse condenada, a Nobre Seputada Nilmar Ruiz seria vítima de discriminação. A atuação da Nobre Deputada tem se pautado por realizações de monta para o Tocantins, através de suas emendas parlamentares e de bancada. É certo que ela se reelegerá mas, sem a necessidade de fazer campanha antecipada pois, o eleitor que acompanha seu trabalho, ao longo de muitos anos, já se decidiu e, vai querer mais um mandato proficuo para ela...

Engraçado esse pessoal rsrsrsrs, não publicaram meu comentário mas acharam legal publicar este que se refere a Nilmar como "Nobre Seputada".

No desejo de bajular, esqueceram de corrigir e acabaram sacaneando a Deputada. Ou será que foi proposital?

E viva a liberdade de expressão !

Para conferir, antes que exerçam a "liberdade de se mancar" e corrijam ou excluam, aí está o link: http://www.portalct.com.br/comentarios.php?noticia=4e8d612d5cc2d7c89fca2851d377d621

segunda-feira, 29 de março de 2010

Morreu Armando Nogueira, criador do Jornal Nacional

.
.

Faleceu no Rio, aos 83 anos o Jornalista Armando Nogueira, Criador do “Jornal Nacional”. Nogueira sofria com um câncer no cérebro diagnosticado em 2007 e que o vitimou.


Filho de cearenses que emigraram para o Acre, nascido na mesma cidade onde também nasceu o seringueiro e líder sindical Chico Mendes, mudou-se para o Rio de Janeiro com apenas 17 anos de idade. Entrou para a Faculdade de Direito e conseguiu um emprego de ensacador, mas desde então pensava em ser jornalista.

Em 1950, foi trabalhar na seção de esportes no Diário Carioca. Esse jornal reunia, na época, os mais expressivos jornalistas do Rio de Janeiro como Prudente de Moraes Neto, Carlos Castello Branco, Otto Lara Resende, Rubem Braga, Fernando Sabino, Paulo Mendes Campos e Pompeu de Souza, e foi uma verdadeira escola de jornalismo para Armando, que lá permaneceu por 13 anos.


Foi testemunha ocular do atentado contra o jornalista Carlos Lacerda, na Rua Toneleros, em Copacabana. Ao escrever sobre o espisódio, fez história no jornalismo brasileiro: pela primeira vez numa reportagem um fato era narrado na primeira pessoa.

Além do Diário Carioca, passou a colaborar também com o Diário da Noite. Depois de uma passagem pela revista Manchete, em 1957, foi para a revista O Cruzeiro, dos Diários Associados, propriedade de Assis Chateaubriand e, em 1959, para o Jornal do Brasil.

Armando foi pioneiro na televisão brasileira, ao trabalhar, a partir de 1959, na primeira produtora independente do país, dirigida por Fernando Barbosa Lima, onde escrevia textos para os locutores Cid Moreira e Heron Domingues lerem na antiga TV-Rio.

Convidado por Walter Clark, foi para a Rede Globo em 1966 onde implantou, com Alice Maria, o telejornalismo da emissora. Graças ao trabalho de Armando e Alice Maria, o telejornalismo, que antes era visto como uma coisa menor, passou a atrair o interesse dos profissionais e do público.

Nos 25 anos que passou na Globo foi responsável ainda pela implantação do jornalismo em rede nacional e pela criação dos noticiosos Jornal Nacional e Globo Repórter.




Mas sua paixão sempre foi o esporte, em especial o futebol. A partir de 1954, esteve presente na cobertura todas as Copas do Mundo e, desde 1980, de todos os Jogos Olímpicos.

Mesmo com todos esses serviços prestados, envolveu-se em uma rumorosa polêmica em 1989, dentro da própria Globo. No segundo turno das eleições presidenciais daquele ano, a emissora promoveu um debate entre os candidatos Fernando Collor de Melo e Luiz Inácio Lula da Silva. No compacto do evento, que foi exibido no dia seguinte de sua transmissão no Jornal Nacional, houve uma edição que favoreceu claramente o candidato Collor, que desde o início foi apoiado - direta ou indiretamente - pelas empresas de Roberto Marinho. Na qualidade de diretor de jornalismo, Armando foi pessoalmente a Roberto e fez duras críticas à sua postura e a dos funcionários que realizaram aquela edição, dizendo que não compactuava com aquilo. Por causa disso, acabou aposentado pela alta cúpula e desligou-se da emissora definitivamente no ano seguinte. Passou, então, a se dedicar integralmente ao jornalismo esportivo.






Manteve uma coluna reproduzida em 62 jornais brasileiros, um programa no canal por assinatura SporTV, um programa de rádio e um sítio na Internet. É também proprietário da Xapuri Produções, que faz vídeos institucionais para empresas, para as quais também profere palestras motivacionais. Escreveu dez livros, todos sobre esportes.

Era praticante de vôos em ultraleves, tendo sido fundador do clube carioca da modalidade. No futebol, é torcedor apaixonado do Botafogo.

Fonte: Wikipedia

Curiosidade:
Veja um site curiosamente incompleto de Armando Nogueira:




sábado, 27 de março de 2010

Hora do Planeta 2010

.
.
No sábado, 27 de março, entre 20h30 e 21h30 (hora de Brasília), o Brasil participa oficialmente da Hora do Planeta. Das moradias mais simples aos maiores monumentos, as luzes serão apagadas por uma hora, para mostrar aos líderes mundiais nossa preocupação com o aquecimento global.



A Hora do Planeta começou em 2007, apenas em Sidney, na Austrália. Em 2008, 371 cidades participaram. No ano passado, quando o Brasil participou pela primeira vez, o movimento superou todas as expectativas. Centenas de milhões de pessoas em mais de 4 mil cidades de 88 países apagaram as luzes. Monumentos e locais simbólicos, como a Torre Eiffel, o Coliseu e a Times Square, além do Cristo Redentor, o Congresso Nacional e outros ficaram uma hora no escuro. Além disso, artistas, atletas e apresentadores famosos ajudaram voluntariamente na campanha de mobilização. Clique aqui e veja a lista de quem já aderiu.



Em 2010, com a sua participação, vamos fazer uma Hora do Planeta ainda mais fantástica!




Lançamento Oficial do 7° Tendencies Festival

.
.
27/03 sábado lançamento oficial do 7° Tendencies festival


Entrada free até as 21:30 após isso R$5,00
Inicio do evento 22:30

quinta-feira, 25 de março de 2010

Celtins, a sua empresa...

.
.


Estava marcada para hoje às 14 horas, uma reunião no Ministério Público em Paraíso, entre representantes da CELTINS, da Sociedade e a Promotoria para tratar das frequentes quedas de energia, queimas de equipamentos e até a paralização de algumas empresas atingidas pelos black'outs.
Porém a reunião teve de ser adiada. Motivo...      Falta de luz e Equipamentos do Ministério Público queimados!!!

Tá certo que a justiça é cega, mas no escuro já é demais!!!

quarta-feira, 17 de março de 2010

Projeto "Brasil Clássico Caipira"


.
.

 A música caipira vem rodando pelo Brasil com o show Brasil Clássico Caipira. Nomes consagrados da música de raiz brasileira como: Genésio Tocantins, Dércio Marques e As Galvão apresentam clássicos da moda caipira como “Beijinho Doce”, “Chico Mineiro”, “Chalana”, entre outras, acompanhados de orquestra. Sob a regência do maestro Joaquim França, os músicos interpretam o repertório de música caipira com arranjo erudito, executados por um quinteto de cordas, além de piano, violão e percussão.

Maestro Rildo Hora

Brasil Clássico Caipira, com direção musical do maestro Rildo Hora – que também participa da apresentação –, tem como objetivo resgatar a música de raiz e comemorar os 80 anos do primeiro disco de moda caipira gravado no País. O ator Antônio Grassi é o apresentador do espetáculo que, pelo CCBB Itinerante, já passou pelas cidades de São Luís, Porto Alegre e Vitória.

Pena Branca

Pena Branca também participou do início do projeto
Pena Branca e Xavantinho formaram uma das mais marcantes duplas caipiras da história. Seu primeiro compacto, Saudade, foi gravado em 1970, quando adotaram definitivamente o nome artístico. Durante a década de 70, os irmãos se apresentaram em shows, inicialmente ao lado de Tonico e Tinoco, e mais tarde como atração principal. O LP Cio da Terra, lançado em 1987, teve a participação de Milton Nascimento, promovendo a mistura de estilos musicais. Em 1992 gravaram, com Renato Teixeira, o CD Ao Vivo Em Tatuí, conquistando o primeiro Disco de Ouro. A dupla ganhou cinco prêmios Sharp ao longo de sua trajetória.

Dércio Marques

Dércio Marques
Violeiro e cantador mineiro, ele lançou seu primeiro disco em 1977, com o título de Terra, vento, caminho. Em 1979, veio o disco Canto forte-Coro da Primavera, com a participação do Oswaldinho do Acordeom e da Orquestra de Violeiros de Osasco, que tocou a toada brejeira Natureza, de Dino Franco. Como produtor lançou a cantora Diana Pequeno e o violeiro Elomar. No ano de 1996, foi indicado para o prêmio Sharp de melhor disco infantil com Monjolear, gravado em Uberlândia (MG), com 240 crianças.

Genésio Tocantins

Genésio Tocantins
Seu primeiro LP, "Rela bucho", foi lançado pela RGE em 1988. No ano seguinte ganhou com este disco o II Prêmio Sharp de Música, onde recebeu o Troféu Ano Dorival Caymmi na categoria Revelação da Música Regional Brasileira. Gravou com diversos artistas como Fagner, Pena Branca e Xavantinho, Rolando Boldrin, entre outros. Entre seus parceiros estão Juraíldes da Cruz, Braguinha Barroso, Wanda d`Almeida, Hamilton Carneiro, João Gomes, Beirão, Salgado Maranhão e Telma Tavares. Em 1990, recebeu o prêmio Fiat. Lançou em 1996, o CD U cantante", pelo selo Mercantante. Dois anos depois, lançou pelo selo Brasis o CD "Brasis - As canções e o povo".

Em 2000, foi classificado para as eliminatórias do Festival da Música Brasileira, promovido pela TV Globo, onde concorreu com sua composição em parceria com Beirão, "Baião internauta". Nesse ano, participou do Festival Novos Talentos defendendo a música "Nóis é jeca mas é jóis", de sua autoria e Juraildes da Cruz que se tornou um clássico da música regional. Em abril de 2006, participou do Projeto Pixinguinha, em caravana que passou por Cachoeiro de Itapemirim (ES), Campinas (SP), Tubarão (SC) e Guaratinguetá (SP), junto com a cantora paulista Cris Aflalo, o piauiense Gilvan Santos e a Banda de Pífanos de Caruaru.
 As Galvão

As Galvão
Ainda meninas aprenderam a cantar, ouvindo os pais cantando em dueto os sucessos da Rádio Nacional do Rio de Janeiro. Com 7 e 5 anos de idade, as Irmãs Galvão já estavam encantando radialistas do interior do estado de São Paulo e, pouco tempo depois, de todo o País. O primeiro disco foi lançado quando elas tinham 14 e 12 anos. Com mais 300 músicas gravadas, conhecidas e respeitadas no Brasil inteiro, o sucesso da dupla ultrapassa fronteiras: suas músicas são tocadas em Portugal, no Canadá e na Suíça. Músicas como No Calor dos Teus Abraços, Pedacinhos, Coração Laçador, Menino Canoeiro, Lembrança e Beijinho Doce são alguns dos sucessos que renderam os prêmios Sharp, Caras de Música e indicação ao Grammy Latino.

Prometo que é a última do Salão do Livro...
Fiquei sabendo à boca miúda que Genésio encaminhou este projeto para o 6º Salão do Livro e o mesmo fora reprovado! Uma lástima! Afinal poderíamos desmacarar os falsários do "Sertanejo Universitário", mostrando a eles o que é Música Sertaneja de verdade!

Enquanto isso, Rosa de Saron ...

Duelo Sertanejo "Universitário" - Imagens inéditas

.
.
Recebemos imagens inéditas do Duelo Sertanejo "Universitário" que ocorreu no último fim de semana em Paraíso!!!

Confira a barbárie!!!

Ui! essa foi uma nota Dó!

Putz! Ele se arrependeu e voltou pra MPB!


Do lado de fora como sempre sobrou o lixo!


E vem aí, o Duelo Sertanejo "Universitário", "Colegial", dos Famosos!!!
 Aguardem e confiem...

Mais uma do Salão do Livro...

.
.
Ariano Suassuna

Seria indelicadeza ou falta de "educação" da Secretaria de Educação?

Vamos à notícia:

...os nomes dos escritores Carlos Drummond de Andrade e Odir Rocha foram apresentados . Para dar mais riqueza e "brilho" ( ? ) ao 6º Salão, o escritor e membro da Academia Tocantinense de Letras, Manoel Odir Rocha será o homenageado regional. A personalidade nacional escolhida para inspirar os amantes da cultura e literatura durante os dez dias de programação é o poeta Carlos Drummond de Andrade.

Até aí tudo bem. O problema é que convidaram Ariano Suassuna que está "vivinho da silva" e merece com certeza ser homenageado de "corpo presente".
O Carlos Drummond  poderia esperar para a próxima, afinal tem toda a eternidade de tempo sobrando...

 Carlos Drummond de Andrade

Afinal se o "vivo" do Odir pode...

Colaboração de post: Fernando Rios

Duelo Sertanejo

.
.
Paraíso teve o primeiro "Duelo Sertanejo", no último final de semana...





Infelizmente este era só um aquecimento e nenhum sertanejo morreu.


segunda-feira, 15 de março de 2010

Vem aí o 7º Tendencies Rock Festival

.
.



Programação do 7º Tendencies Rock festival

"CLIQUE NOS NOMES PARA OUVIR AS BANDAS"

 
Dia 15 /04

DADO VILLA-LOBOS - RJ - 00:00:00hs

TONI PLATÃO - RJ - 00:00:00hs

THE MOXINE - SP - 23:00:00hs

VEIÉTU - TO - 22:20:00hs

DONA QUITERIA - TO - 21:40:00hs


ESSENCIA DE HORÁCIO - TO - 21:00:00hs



Dia 16 /04

RAIMUNDOS - DF - 01:00hs

HELLBENDERS - GO - 00:20:00hs

GIRLIE HELL - GO - 23:40:00hs

OS PEDRERO - ES - 23:00:00hs


N3CR - MT - 22:20:00hs

BODDAH DICIRO - TO - 21:40:00hs

HERDEIROS E REIS - TO - 21:00:00hs



Dia 17 /04

BLAZE BAYLEY - UK - 01:40hs

MUKEKA DI RATO - ES - 01:00hs


LOPES - MT - 00:20:00hs

NECROPSY ROOM - GO - 23:40:00hs

TRAMPA - DF - 23:00:00hs

CAPELINOS - 22:20:00hs

MAQUINÁRIOS - TO - 21:40:00hs

MOHANNA - TO - 21:00:00hs

Essa quem contava era o saudoso Arnaud Rodrigues

.
.


Quando Deus criou o Tocantins...


O Senhor criou o Tocantins com todo esmero, colocou lá dois rios enormes com praias maravilhosas, uma natureza exuberante com serras, planícies e planaltos, fez o jalapão, fez nascer os mais variados tipos de frutas, tudo em um só estado. Vendo sua criação, Santo Antônio indagou-lhe: “Senhor, privilegiaste um só estado com tantas maravilhas, enquanto outros têm tão pouco?” E Deus lhe responde: Calma, calma... Você ainda não viu a porcaria de políticos que eu vou mandar pra lá!

Colaboração de post: Glaydon Filho

Quem matou o Glauco?

.
.

Quem matou o Glauco? 

O seu algoz dizia que era Jesus e queria que Glauco convencesse sua mãe disso.

O estudante Carlos Eduardo Sundfeld Nunes, era usuário de drogas e frequentava a comunidade Céu de Maria que é adepta ao Santo Daime.

Quem matou o Glauco? As drogas, a religião ou a falta de políticas públicas que garantam a segurança intelectual e a preservação da nossa juventude? 



Pouca gente sabe mas o criador do Geraldão, do Geraldinho, do Casal Neuras, da Dona Marta, do Zé do Apocalipse, do Doy Jorge, do Netão, da Picadinha, d'Ozetês, o cartunista das charges políticas, publicado pela Folha de S.Paulo desde 1977-"são 26 anos, vixe!" - tornou-se um líder espiritual. Juntou um povo e ergueu uma igreja do Santo Daime no Morro de Santa Fé, próximo do Pico do Jaraguá, na Grande São Paulo, pela qual já passaram milhares de pessoas. "Muita gente se conheceu dentro do salão e se casou - já são mais de 20 crianças exclusivas da igreja Céu de Maria", diz, satisfeito. E resume, certeiro: "É uma faculdade da Nova Era."


Para relembrar...

 







Sociable