...O Senhor Deus tomou o homem e o colocou no Jardim do Éden (no Paraíso!) para o cultivar e guardar. Deu-lhe este preceito: "Podes comer do fruto de todas as árvores do jardim; mas não comas do fruto da árvore do conhecimento do bem e do mal, porque no dia em que dele comeres, morrerás indubitavelmente"...

Ao vivo Ecorádio Oficina Geral & EcoBrasil

Get the Flash Player to see this player.

quarta-feira, 14 de outubro de 2009

2ª Mostra Itinerante Miragem de Curtas Metragens

Aleluia Irmãos!!


A Diretoria de Cultura do município de Paraíso tomou uma iniciativa inédita no nosso jardim, irá realizar a 2ª Mostra Itinerante Miragem de Curtas Metragens, no dia 20/10/09 ás 19 horas no Teatro Cora Coralina que por sinal não possui nenhuma foto da mesma?!?!? Bom mas o importante é que a iniciativa é muito válida e trará um pouco de cultura para o nosso tão desprestigiado éden da luxúria. 

Confira a programação:



Fimes:

- O Último Raio de Sol (Fic – Brasília-DF/2004)
De Bruno Torres;









-A Lasanha Assassina (Ani – São Paulo-SP/2004)
De Alê Machado;

-Leviatã (Fic – Recife-PE/2006)
De Camilo Cavalcante;

-Palhaços (Fic – Goiânia-GO/2007)
De Wertem Tawera;

-A Menina do Algodão (Doc/Fic – Recife-PE/2002)
De Daniel Bandeira, Kleber Mendonça Filho;

-Causa e Efeito (Fic - Manaus-AM/2006)
De Yusseff Abrahim;

-O Anão que Virou Gigante (Ani – Rio de Janeiro-RJ/2008)
De Marão;

-A Dois Passos do Paraíso (Fic - Miracema-TO/2008)
De Alan Russel;






-Mini Cine Tupy (Doc – Rio de Janeiro-RJ/2003)
De Sérgio Bloch;

-Tempo de Ira (Fic – Rio de Janeiro-RJ/2003)
De Gisella de Mello e Marcélia Cartaxo;

-Concerto n° 1 Para Celular e Orquestra (Ani – Salvador-BA/2004)
De Fausto Junior



A entrada é gratuita.
É isso aí, Imperdível!!!

Saiba mais:










Vai de retro satanás!! 



 

Vale ressaltar que a Diretoria de Cultura vai acabar exterminando os leões do éden, pois vem matando um por dia para conseguir fazer a cultura acontecer na cidade. Realizou o último Fórum de Cultura que rendeu bons frutos mesmo com míseros recursos, levou literalmente "na raça" cultura de verdade pra a última Expobrasil e vem arrastando-se para manter a chama viva. Afinal como é de praxe a cultura nunca tem verba para trabalhar, pois nunca existirá um prefeito no éden que não desvie os recursos da cultura para outras "secretarias". Trata-se de um vício, uma "cultura" que se arrasta por muitos anos em nossa cidade, a "cultura" de que artista é vagabundo e que cultura é futilidade. E aí vemos os nossos jovens crescendo e absorvendo as porcarias que vêm pela mídia do emburrecimento. Pessoas que conhecem o "funk pornô" que insita a prostituição infanto-juvenil e a violência, mas nunca ouviram falar do "Seu Zaca do Acordeon" tocando um baião ou de "Mauro BackBauer" tocando um chorinho no piano, nunca viram os desenhos e charges de "Edgley" e muito menos já ouviram a poesia maravilhosa do repentista "Macedo Pereira".
Irmãos!! Precisamos fazer algo rápido, senão iremos literalmente pro brejo!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sociable