...O Senhor Deus tomou o homem e o colocou no Jardim do Éden (no Paraíso!) para o cultivar e guardar. Deu-lhe este preceito: "Podes comer do fruto de todas as árvores do jardim; mas não comas do fruto da árvore do conhecimento do bem e do mal, porque no dia em que dele comeres, morrerás indubitavelmente"...

Ao vivo Ecorádio Oficina Geral & EcoBrasil

Get the Flash Player to see this player.

sexta-feira, 18 de junho de 2010

Prefeitura de Paraíso ganhou Ponto de Cultura!


A politiquice é por muitas vezes surpreendente, apesar de estarmos mais do que escaldados com ela.
Como já havia postado por aqui no tópico “Será que existe um bandido trabalhando na Receita Federal de Palmas?” Paraíso havia perdido o Ponto de Cultura cujo projeto era da Oficina Geral – Casa de Cultura, por causa de alguns bandidos que roubaram o CNPJ da ACDH – Associação da Cidadania e dos Direitos Humanos, e que estavam tentando colocar a mão no dinheiro do ponto, obrigando o Presidente furtado, Glaydon José de Freitas Filho a correr ao banco e solicitar a devolução do dinheiro e ao cancelamento do convênio com a SEJUV, que é a intermediária entre os pontos e o Ministério da Cultura (coisa inexplicável até hoje, haja vista que o estado possui uma Secretaria de Educação e Cultura e uma Fundação Cultural). 

Mas o que mais me faz desconfiar da política é que na época do ocorrido quando eu fui até a SEJUV, explicar o fato dos bandidos e do CNPJ ao atual Secretário o Sr. Joaquim Jr, ex-vereador de Paraíso, dei-lhe a idéia de repassar a ponto à administração municipal de Paraíso como solução para o impasse, o que foi literalmente descartado e criticado de forma veemente pelo mesmo, referindo-se à administração de Paraíso como um bando de incompetentes.
Mas o mundo da politiquice dá voltas e voltas meus irmãos! Vejam só vocês que a prefeitura de Paraíso está recebendo das mãos do Secretário o Ponto de Cultura, e se brincar até o plano de trabalho (que é uma grande exigência às associações que o façam minuciosamente) ele deve ter entregado pronto!
Apesar da politiquice, pelo menos o ponto voltou para Paraíso, e esperamos ser bem utilizado pela ASSOCIAÇÃO??? Que conseguiu resgatá-lo.
Ainda não sabemos de que forma a prefeitura participará, haja vista que o convênio prevê apenas a participação de instituições sem fins lucrativos, cujos diretores não podem de forma alguma ser funcionários públicos e tampouco remunerados.

O que sabemos é que os recursos equivalem a 3 parcelas de R$ 60.000,00 (sessenta mil reais) por ano, num total de R$180.000,00 (cento e oitenta mil reais). Uma verba que a cultura de Paraíso NUUUUUNNNNNCAAAA VIU! Em nenhuma época da existência do município. Por tanto queremos ver a MELHOR ATUAÇÃO CULTURAL  DE TODOS OS TEMPOS da administração pública de Paraíso!
E Seu Paulo! Vê se coloca mais uns reais pra ajudar a cultura, porque parece muito, mas na verdade para um município do tamanho de Paraíso e carente de cultura até a alma, é uma mixaria!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sociable